Homens aos 30 anos

Homens aos 30 anos

                                                              Vitalidade, mundo mágico, amortecedor, freio, prevenção e consciência

 

Pois é, você nunca se preocupou muito com isso, essa coisa de idade, ainda mais que crise dos trinta sempre foi tida como uma parte integrante do mundo feminino, não do masculino.

Mesmo porque, trinta é colado nos vinte e nove, praticamente uma pós- graduação dos anos vinte e sua exuberância da juventude, a vitalidade do corpo em sua plenitude e aquela sensação que a gente tem, após sair do mundo mágico, porém inseguro, da adolescência, que agora sim somos fortes, maduros e, porque não dizer, com saúde de sobra para o que der e vier.      

Tudo bem, nem todo mundo passa os vinte em plena forma física, mas a idade compensa com certa facilidade o que alguma deficiência em nossa saúde poderia nos prejudicar.

Mas a realidade não é bem assim. Corpo humano não é máquina e barriga de tanquinho não significa muita coisa além de... uma barriga de tanquinho. Portanto, se você está em plena forma física diante do espelho, melhor lembrar que capa é capa e livro é livro.

Sim, você pratica esportes regularmente, toma sua cervejinha com os amigos somente de forma moderada, se alimenta bem, trabalha em escritório, mas sempre dá umas andadas ao longo do dia, ou seja, na sua concepção você não tem com o que se preocupar. E, melhor de tudo, você é jovem!

Os anos trinta, normalmente, representam a faixa mediana de nossas vidas, e se eles começam em trinta, terminam em trinta e nove, que é uma coisa bem diferente! A máquina que chamamos de corpo humano, vai passar no pico e começar a descendente de sua caminhada.

Assim como um carro, onde os freios, amortecedores, velas, pneus e outros componentes se desgastam e precisam ser substituídos, nosso corpo também se desgasta e vai ficando susceptível às consequências desse desgaste, com um agravante: não dá pra ir ao mecânico e trocar as peças, é preciso conservá-las da melhor maneira possível, pois ainda vão ter que rodar por muitos anos.

Preventivo e corretivo são dois adjetivos que sempre andaram lado a lado. A gente leva um tempo para se acostumar com o primeiro, porque na juventude o segundo ainda é raro. Porém, a partir de certa idade, ele também começa a dar as caras.

Falar em envelhecer quando se tem trinta e poucos parece sem sentido, mas a verdade é que nós começamos a envelhecer desde o nosso primeiro dia de vida. Aos poucos, vamos entendendo que cada idade é uma idade, todas elas têm suas características próprias e é preciso aprender, dia a dia, a conviver com as novas necessidades que o passar dos anos nos traz.

Aos trinta ainda somos jovens, mas algumas coisinhas começam a pipocar e a cabeça nem sempre digere isso com a esperada tranquilidade. Então, melhor deixar os grilos de lado e começar a pensar nos cuidados que o corpo começa a pedir e onde busca-los. É o tal do preventivo falando mais alto.

Vale a pena se informar e ver o que é bom se fazer para manter uma boa saúde. Exames médicos de rotina, alguma revisão nos seus costumes, coisas triviais. Pode não parecer tão importante assim quando se tem trinta, mas dez, vinte ou trinta anos mais tarde, quando a máquina já estiver mais desgastada, isso pode deixar sua vida muito mais agradável.

Flávio Berto

Engenheiro de formação, escritor em versos e prosa, compositor, sonhador como um eterno adolescente, apaixonado por letras, carros, músicas e mulheres. Autor, entre outros livros, de Flagra (crônicas sobre relacionamentos), Um pássaro na gaiola (romance adolescente), Os quatro idiomas (a história de seis amigos inseparáveis) e O Czar e o Mandarin (coletânea de poesias 1979/2010) "Existem duas funções vitais: respirar e escrever! A primeira, dá para passar sem ela..."  

  • IKCC - International Kidney Cancer Coalition
  • World Ovarian Cancer Day
  • WAPO - World Alliance of Pituitary Organizations
  • The Carcinoid Cancer Foundation
  • Alianza GIST
  • The Life Raft Group

Faça parte Novidades

Temos muitas coisas para compartilhar com você.
Lembre-se: você não está sozinho!

Digite o email corretamente

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso. Obrigado!

Indique este site

Indicação realizada com sucesso!

Seja parceiro

Mensagem enviada com sucesso!

Seja voluntário

Mensagem enviada com sucesso!

Envie seu depoimento

Depoimento enviado com sucesso!