CÂNCER DO COLO DO ÚTERO

  • O que é?
  • Fatores de Risco
  • Sintomas
  • Diagnóstico
  • Tratamento
  • Estadiamento

O Câncer de Colo de Útero é um tumor que ataca a área inferior do útero, chamada de colo ou cérvix. Os primeiros sintomas são verrugas na mucosa da vagina, do pênis, do ânus, da laringe e do esôfago. Esta é uma doença que demora anos para desenvolver, aproximadamente, de 10 a 20 anos.

Este é o segundo tipo de câncer feminino mais comum, perdendo apenas para o câncer de mama.Segundo o Instituto Nacional do Câncer – INCA, no Brasil,  está em terceiro lugar, atrás do câncer de mama e intestino (colon e reto), com taxa de incidência de 15 novos casos em 100.000 mulheres ao ano. A mortalidade pode chegar a 5 casos em 100.000 ao ano. Geralmente, afeta mulheres entre 40 e 60 anos de idade.

A endometriose (outra doença muito comum as mulheres adultas) e a genética não possuem relação com o surgimento desse câncer. O Câncer de Colo de Útero pode evoluir para uma doença mais severa, o Carcinoma invasor do colo uterino (tumor maligno).

Alguns riscos possibilitam o aparecimento do Câncer de Colo do Útero:

  • Sexo desprotegido com múltiplos parceiros
  • Histórico de DSTs (HPV - Papiloma Vírus Humano)
  • Tabagismo
  • Idade precoce da primeira relação sexual
  • Má higiene íntima
  • Multiparidade (Várias gravidezes)

Por ser uma doença lenta, na maioria dos casos, quando os sintomas aparecem é sinal de que o câncer está em estágio avançado.

Os sintomas variam conforme a gravidade da doença:

  • Corrimento persistente de coloração amarelada ou rosa e com forte odor;
  • Hemorragia anormal;
  • Desconforto ao urinar;
  • Micção irregular;
  • Ciclos menstruais irregulares;
  • Sexo desconfortável (com dor);
  • Dor na pelve;
  • Dor nas costas;

O principal exame para prevenir e detectar o Câncer do colo de útero é o Papanicolau. Este exame faz parte dos exames de rotina da saúde da mulher e permite ao médico examinar visualmente o interior da vagina e o colo do útero. Com uma espátula de madeira e uma pequena escova especial o médico realiza a descamação do colo do útero a fim de recolher as células para a análise em laboratório. O Papanicolau pode ser complementado com Colposcopia com a realização de biópsia para se confirmar o diagnóstico.

Os tratamentos aplicados para o Câncer de colo do útero podem ser:

Cirurgia – Este procedimento consiste na retirada do tumor e, em algum casos, do útero  e da parte superior da vagina também.

Radioterapia – O objetivo deste tratamento é reduzir o volume volume tumoral.

Quimioterapia – Este tratamento é indicado para tumores em estágios mais avançados.

O tipo de tratamento irá depender do estágio da doença, do tamanho do tumor e fatores pessoais, como idade e desejo de ter filhos.

Em atualização.

Páginas da vida Páginas da vida

ESTOU,COM CANCER NO COLO DO ULTERO, MAS ESTOU FAZENDO TRATAMENTO,TENHO CINCO FILHOS A MINHA FORÇA VEM DOS MEUS FILHOS!!!E EU SEI QUE VOU FICAR CURADA...

carla CRISTINA DE OLIVEIRA

ESTOU,COM CANCER NO COLO DO ULTERO, MAS ESTOU FAZENDO TRATAMENTO,TENHO CINCO FILHOS A MINHA FORÇA VEM DOS MEUS FILHOS!!!E EU SEI QUE VOU FICAR CURADA...

carla CRISTINA DE OLIVEIRA

Olá minha intensão é que meu caso seja fonte de perseverança para algumas pessoas que estejam passando por esse caso.Começou assim dei uma relaxado nos exames preventivos por 3 anos e quando acordei de que estava em falta com minha saúde fui fazer a mamografia em maio de 2009 e…

Josiete maria dos Santos
  • IKCC - International Kidney Cancer Coalition
  • World Ovarian Cancer Day
  • WAPO - World Alliance of Pituitary Organizations
  • The Carcinoid Cancer Foundation
  • Alianza GIST
  • The Life Raft Group

Faça parte Novidades

Temos muitas coisas para compartilhar com você.
Lembre-se: você não está sozinho!

Digite o email corretamente

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso. Obrigado!

Indique este site

Indicação realizada com sucesso!

Seja parceiro

Mensagem enviada com sucesso!

Seja voluntário

Mensagem enviada com sucesso!

Envie seu depoimento

Depoimento enviado com sucesso!